"Hackeando" meu HTC Hero


by Rafael Rosa

Salve!

Depois de muito procrastinar decidi que estava na hora de atualizar o Android do meu HTC Hero.

Eu o comprei há uns 9 meses, na época paguei um preço bem salgado (R$ 2.000) e ainda ter me arriscado comprando o bichinho no Mercado Livre (pela GSMTech). No fim deu tudo certo e não me arrependo, ele é muito bom sob vários aspectos:

  • A bateria dura relativamente bastante - uns 4 dias com uso normal, 1 dia com uso intenso (wi-fi ou 3G navegando o dia todo, como quando estou em eventos)
  • Tela com boa resolução, dá para ler textos numa boa
  • Boa sensibilidade ao toque
  • Pequeno e leve (mais leve que um iPhone)
  • Teclado do Sense é maravilhoso
  • O Sense faz o Android ficar muito mais amigável
  • Botões físicos úteis, especialmente o back e search
  • Bluetooth funciona bem com meu headphone
  • Boa recepção de wi-fi
  • Integração total com os aplicativos do Google, especialmente o GMail
  • Funciona muito bem como modem 3G conectado ao meu note Ubuntu via USB
  • Navega bem em sites com Flash

A única coisa realmente ruim no telefone é a câmera, que apesar de ter 5 Megapixel, é horrível, as fotos ficam ruins e precisa de muita luz para ficar meia-boca. Tirando isso, nada a reclamar. Como ele é bem bonitinho e diferente, todos me perguntam que modelo de celular eu estou usando e tal.

Por que mudar?

Mas porque diabos escolhi fazer isso hoje e não antes? A gota d’água foi a Amazon anunciar que lançou oKindle for Android, antes do prazo inicial que era Julho. Particularmente nunca gostei da idéia do Kindle, mas comprar livros pela Amazon é muito prático, e ultimamente tenho preferido livros digitais, por questões ecológicas, econômicas e de peso, afinal, é muito bom poder levar dúzias de livros no bolso.

Um dos motivos para adiar o update é que a HTC enrolou muito para lançar novas versões para o Hero. Quando o comprei, estava usando a versão mais nova, a 1.5, mas depois de 1 mês eles lançaram a 1.6 e logo em seguida a dois 2.0, 2.1 e a 2.2 Froyo já está rodando em alguns lugares, mas ainda não chegou aos celulares mais velhinhos. Sem querer entrar no mérito se o Android está se fragmentando ou não (isso vale outro post), a evolução do ambiente tem sido muito rápida, e o Kindle só é compatível com a versão 1.6 ou superior, ou seja, era atualizar ou ficar sem o software.

Cozinhando ROMs

Voltando a vaca fria, só agora em Maio a HTC começou a soltar as atualizações para o 2.1, mas apenas em alguns lugares do mundo, e é aí que entram os ROM Cooks. Cooks são os caras que ficam brincando de fazer novas ROMs, hackeando as oficiais e adicionando coisas novas à elas. Eles estão criando ROMs com as versões mais novas há tempos e já estão trabalhando para liberar as 2.2, esses caras são loucos e eficientes. Você pode acompanhar o que eles fazem no fórum xda-developers, na sessão de desenvolvimento.

Com uma ajudinha do Jonas Alves (que conheci num dos encontros do Guru-SP e depois reencontrei numa palestra da Caelum), eu conheci a VillainROM, que é um das mais profissionais do mercado. A versão 10.3 deles é feita em cima do release oficial da versão 2.1 da HTC, que inclui o HTC Sense atualizado. Para quem não sabe, o Sense é uma modificação da interface do Android feita pela HTC para deixar ele com uma carinha mais bonita, e tem um esquema de múltiplas home screens que podem ser customizadas com widgets (se mordam de inveja povo do iPhone).

Ok, decidi que iria atualizar meu Hero, já havia escolhido a ROM, mas agora faltava saber como fazer a atualização. Os cooks tem uma linguagem própria, e sinceramente não estou no pique de aprender mais uma dúzia de gírias para conseguir fazer uma atualização de telefone. Sendo assim, corri para o velho e bom YouTube e procurei vídeos sobre rooting de telefones, e o primeiro hit foi o vencedor.

Tutorial em vídeo de 10 minutos

Um cara tem um site chamado The Unlockr que ensina como desbloquear dúzias de telefones, e ele tem tutoriais e vídeos para fazer isso com o Hero. Em 10 minutos ele mostrou tudo que eu perdi horas tentando entender em dezenas de posts do fórum e tutoriais.

O processo básico tem dois passos:

  1. Conseguir acesso root ao seu aparelho
  2. Instalar uma nova ROM

Por mais assustador que isso pareça, o processo é bastante simples, basta seguir os tutorias e pronto. Cada vídeo abaixo tem um tutorial com as instruções, então não tem muito o que errar. Mas atenção no primeiro vídeo, porque as instruções do vídeo mudaram, há um aviso vermelho avisando sobre isso, mas é só seguir as instruções escritas que fica tudo bem. Seguem os vídeos e os respectivos tutoriais.

Tutorial para fazer root (vídeo acima)

Tutorial para instalar uma ROM customizada (vídeo acima)

Depois de fazer isso é só configurar a conta do Google, deixar ele sincronizar tudo, e depois configurar o Access Point para utilizar o 3G, é a única coisa que ele não conseguiu configurar sozinho. Para isso basta entrar em Settings > Wireless & Networks > Mobile Networks > Access Point Names, clicar em Menu e colocar a configuração da sua operadora, que basicamente é o gateway do AP e depois o usuário e senha padrão. No caso da Oi, a operadora que escolhi, o gateway é “gprs.oi.com.br”, o username é “oi” e a senha é “oi”, nada complicado. Se quiser o esquema para outras operadoras, veja esse tópico no fórum da Info.

Outro motivo que me fazia adiar o procedimento era porque alguns tutoriais diziam que era necessário fazer parte do update com o HTC Sync, o software de sincronização e backup oficial da HTC, que só funciona no Windows :( Porém, como os vídeos acima mostram, tudo que você precisa é copiar os arquivos para o SD Card do telefone, e isso você pode fazer com qualquer sistema operacional, no meu caso eu usei o Ubuntu.

Além de conseguir instalar o Kindle e ainda consegui criar duas caixas postais no GMail, uma particular e outra para o trabalho, o que vai facilitar e muito minha vida. Eu tentei fazer alguns dos updates automáticos mas tive alguns probleminhas, então vou deixar para resolver isso em outro momento. Assim que tiver novidades eu aviso.

Viva o Android!

Atualização em 01/07/2010: tudo andando bem, o Kindle for Android é ótimo, mas o consumo de bateria está absurdo :(

comments powered by Disqus